Loadding
Loadding

Política de uso do sistema CheckOS

Definições

CheckOS: Sistema de gestão de serviços disponibilizado via internet para ser utilizado por empresas com o propósito de fornecer controle de atividades relacionadas à prestação de serviços, o Sistema CheckOS também pode ser denominado como CheckOS Programa de Ordens de Serviço ou CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho.

Empresas: Micro empreendedores, pessoas jurídicas, indivíduos, órgãos públicos, grupo de pessoas ou outras possíveis combinações de representatividade, que se cadastraram com o objetivo de utilizar o sistema para fins de controle das atividades relacionadas à prestação de serviços.

Usuários: Contas de acesso (login) inseridos pelas empresas nas configurações do CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho e associados a indivíduos que fazem uso das funcionalidades do sistema.

Internautas e Consumidores: Indivíduos que acessam o sistema por meio dos endereços de internet relacionados aos domínios CheckOS.com.br e CheckOS.net com a finalidade de consulta aos dados inseridos pelos usuários, ou ainda com o intuito de consultas diversas acessando quaisquer das páginas do CheckOS Programa de Ordens de Serviço que estejam disponíveis para acesso sem autenticação.

Utilizadores: Engloba todos os envolvidos: Empresas, Usuários, Internautas e Consumidores e também responsáveis por qualquer sistema automático (bots) que acesse o sistema CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho seja para qualquer finalidade.

Termos e condições de uso do sistema

Os termos propostos neste documento se aplicam a todos os módulos, páginas, e-mails, mensagens e campos do sistema de gestão de serviços CheckOS em todos os domínios que compõem o serviço prestado pelo CheckOS.

A aceitação da política de uso do sistema CheckOS indica que o utilizador também aceita quaisquer termos relacionados a serviços de terceiros utilizados pelo CheckOS para o fornecimento do sistema, dentre eles (mas não limitado apenas a estes) estão sistemas de publicidade, sistemas de envio de e-mails, sistemas de pagamento, sistemas de hospedagem de sites. O CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho se reserva no direito de não divulgar explicitamente e detalhadamente origem de cada um dos termos relacionados, os utilizadores que não concordarem com os termos de terceiros deverão interromper o uso do sistema CheckOS imediatamente sem que seja necessário ao sistema CheckOS qualquer reembolso ou fornecimento de informações que foram inseridas no sistema pelos utilizadores.

O CheckOS não interfere nos termos de uso de serviço nem das políticas de privacidade destes serviços terceiros, de forma que, a privacidade das informações que trafegarem por estes serviços estarão sujeitas aos termos e políticas do terceiro.

O CheckOS se reserva no direito de alterar estes termos sem nenhuma prévia comunicação.

O acesso ao sistema CheckOS está condicionado ao aceite desta política de uso do sistema CheckOS independentemente do método utilizado para o acesso às informações, sendo este acesso feito por meio de navegadores da internet, celulares, programas ou papel com informações do sistema de gestão de serviços CheckOS impressas ou por qualquer mecanismo que permita a visualização do conteúdo proveniente do CheckOS.

As empresas cadastradas assumem, no ato do cadastro, estarem cientes das informações deste documento independentemente das futuras alterações que possam ocorrer, de forma tal que deverão se manter atualizadas a respeito destas informações.

Considera-se que o utilizador aceita totalmente e incondicionalmente a política de uso do sistema ao realizar uma ou todas as ações a seguir:

1 - Ao se cadastrar no sistema CheckOS Programa de Ordens de Serviço, as empresas concordam com a política de uso do sistema ao clicar no botão "Cadastrar" no formulário de cadastro.

2 - Ao acessar o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho para fins de consulta, o consumidor concorda com esta política ao digitar seu código de acesso ou ao clicar no link de acesso direto que é enviado no e-mail de acompanhamento das Ordens de Serviço que é enviado durante a evolução das operações das Ordens de Serviço.

3 – Ao acessar o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho automaticamente por meio de robôs ou APIs de acesso automático, os utilizadores aceitam a política de uso do sistema CheckOS.

As empresas são representadas por um único indivíduo (pessoa física) que será plenamente responsável por todos os dados inseridos no CheckOS Programa de Ordens de Serviço pelos usuários da respectiva empresa.

As empresas concordam que são responsáveis pela manutenção e sigilo das informações relacionadas aos seus clientes que forem inseridas no sistema CheckOS, não cabendo ao sistema de gestão de serviços CheckOS nenhuma responsabilidade ou garantias a respeito de tais informações.

As empresas concordam que o uso do CheckOS é feito por conta e risco da própria empresa e seus usuários, isentando assim o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho e respectivos responsáveis do CheckOS de quaisquer perdas ou danos causados por falhas no sistema, perda de acesso, indisponibilidades, finalização dos serviços, limitações de uso, ou outras razões que possam estar relacionadas direta ou indiretamente ao CheckOS.

O acesso ao sistema CheckOS depende do perfeito funcionamento dos equipamentos e mídias envolvidos ponta-a-ponta entre o servidor do sistema e o dispositivo do usuário, o CheckOS não possui nem controla estes meios de acesso de modo que o CheckOS não se responsabiliza em garantir a disponibilidade do sistema nem se responsabiliza por eventuais danos causados pela indisponibilidade do sistema sendo ela temporária ou permanente.

O CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho não se compromete a auxiliar ou a prestar esclarecimentos a utilizadores que estejam com qualquer tipo de dificuldade de acesso ou de uso das funcionalidades do sistema, é de total responsabilidade dos utilizadores buscar por informações a respeito da utilização do sistema CheckOS Programa de Ordens de Serviço com base na ajuda do sistema e também de práticas comuns de utilização de sistema informáticos.

O CheckOS se reserva no direito de suspender todos os serviços do site a qualquer momento sem prévio aviso ou notificação aos utilizadores bem como o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho não terá obrigações de fornecimento de informações a nenhum utilizador mesmo que este utilizador tenha realizado pagamentos de valores ao sistema.

O acesso dos usuários ao sistema está condicionado ao cadastro e à liberação por parte da respectiva empresa do usuário e é de total responsabilidade da empresa a manutenção dos seus usuários, não cabendo ao CheckOS nenhuma intervenção nas contas de usuário tendo em vista que a senha destes usuários é de conhecimento apenas da empresa cadastrada por estar armazenada de forma criptografada na base de dados do CheckOS.

Em caso de perda de acesso de um determinado usuário, a senha deverá ser reconfigurada por meio do formulário específico disponibilizado pelo sistema, a utilização deste formulário é totalmente dependente ao fato de os utilizadores serem capazes de receber e-mails enviados automaticamente pelo sistema CheckOS, e em caso a empresa não consiga receber os e-mails do sistema, as empresa deverá fazer um novo cadastro no sistema perdendo assim o acesso aos dados anteriores.

As empresas cadastradas podem suspender o uso do CheckOS Programa de Ordens de Serviço a qualquer momento por meio da alteração do cadastro para que a empresa fique com status de "Inativa". Empresas com status de inativa deixam de aparecer nas tela do sistema e ficam impedidas de realizar algumas das operações do sistema. Os dados das empresas inativas permanecerão no sistema por tempo indeterminado.

As empresas e usuários autorizam ao CheckOS o uso de todas as informações relacionadas à empresa que estiverem registradas no sistema entre elas nome, endereço, telefone, website, endereço de e-mail, imagens entre outros dados para uso em campanhas de divulgação do site em qualquer mídia que possa ser usada para tal veiculação, sendo que a apresentação destas informações por parte do CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho não precisará obedecer nenhuma condição especificada pela empresa podendo o CheckOS realizar qualquer alteração que julgar necessária para a divulgação destas informações.

O CheckOS poderá alterar automaticamente o status de empresas que não utilizarem o sistema por um período superior a 30 dias. O CheckOS Programa de Ordens de Serviço poderá realizar a remoção automática de informações de empresas inativas invalidando totalmente qualquer possível histórico destas empresas sem que seja possível a recuperação de tais dados. A definição de quais destas informações serão removidas dependerá das características de cada informação convenientemente relacionado à utilização destas informações por parte do sistema.

As empresas cadastradas no sistema possuem relação apenas de utilização do sistema, não estando as empresas autorizadas a utilizar o nome do CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho em nenhuma ação que envolva responsabilidades civil ou criminosa. Nenhum dos responsáveis pelo CheckOS representará a empresa cadastrada em nenhum momento ou condição salvo nos casos em que ambas as partes estejam em comum acordo por escrito e registrado devidamente em instituições autorizadas pela legislação brasileira.

O acesso ao sistema CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho para fins de consulta é condicionado ao código de acesso de modo que o código de acesso é de conhecimento do consumidor por meio de notificações do sistema que são enviadas por e-mail ao endereço que for cadastrado pelos usuários das empresas envolvidas, todo o relacionamento entre o consumidor e o sistema CheckOS Programa de Ordens de Serviço está condicionalmente vinculado à empresa ou às empresas que fizeram o cadastro e o atendimento ao consumidor.

As empresas são as únicas responsáveis por manter os dados de seus usuários atualizados no que diz respeito à inclusão, alteração e desativação dos mesmos de acordo com alterações em seu quadro de colaboradores; além de ser obrigada a alterar as informações relacionadas ao cadastro da empresa sempre que algum dado estiver diferente da realidade.

Os usuários são obrigados a registrar informações verídicas no CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho sendo que o uso do sistema CheckOS para o registro abusivo de informações inválidas ocasionará na suspensão do direito de utilização para toda a empresa.

É permitido às empresas e usuários o registro de informações fictícias no sistema para fins de teste, desde que estas informações estejam claramente definidas como teste não podendo ser utilizadas palavras aleatórias nem dados que não sejam de total controle da empresa como endereços, telefones e principalmente e-mails de terceiros sem autorização dos mesmos.

Em casos de extravio, roubo ou furto de senhas, ou má fé por parte de algum funcionário, ex-funcionário ou terceirizado da empresa, a empresa está obrigada a imediatamente tomar providências de restauração do acesso com o fim de evitar danos à própria empresa ou aos consumidores; a empresa, por meio de seu representante é responsável por qualquer dano ou prejuízo causado por uso indevido do sistema.

As empresas, os usuários e os internautas e consumidores obrigam-se que, ao acessar o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho, não produzirão qualquer tipo de material ou informação de natureza ilegal, falsa, discriminatória ou violenta que possam atentar contra a moral e os bons costumes ou ainda que possam causar qualquer tipo de dano a qualquer indivíduo, empresa, comunidade, meio ambiente ou outros elementos da sociedade.

Empresas: As empresas são responsáveis por todas as ações de seus usuários ao utilizarem o sistema CheckOS; as empresas são responsáveis pelas informações dos consumidores que forem registradas por seus usuários cabendo a elas a manutenção destas informações bem como a alteração para a remoção destas informações em casos de determinação judicial por ação movida pelo consumidor de forma que o CheckOS Programa de Ordens de Serviço não contempla nenhum mecanismo de prevenção de inserção destes dados no sistema; cabe às empresas a manutenção e segurança de seus dados de modo que o CheckOS não se responsabilizará pela restauração ou proteção de nenhum dos dados armazenados no sistema pelas empresas.

Os usuários são responsáveis pelo sigilo de sua senha de acesso, o CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho não reconhece em nenhum momento o uso compartilhado de uma senha de acesso.

É expressamente proibido a utilização de mecanismos, códigos, técnicas e meios externos que alterem a estrutura original dos códigos e páginas do CheckOS.

Em qualquer ocasião em que for constatado o uso indevido do site para fins contrários às leis do pais em que o usuário estiver utilizando o sistema, com suspeitas de fraude ou ainda para causar dano moral a qualquer pessoa, as contas relacionadas à empresa serão imediatamente suspensas sem que o utilizador seja comunicado.

É expressamente proibido o registro de informações falsas de qualquer natureza no sistema sendo que o acesso da empresa poderá ser suspenso sem qualquer aviso prévio caso seja constatado que um dos usuários da empresa realizou tal prática.

O sistema CheckOS retém em banco de dados todas as informações registradas pelos utilizadores diretamente nas páginas do site, bem como informações oriundas de mecanismos automáticos que estiverem autorizados explicitamente pelo CheckOS Programa de Ordens de Serviço a efetuar manobras com os dados internos do sistema.

Além destas, informações a respeito do método de acesso ao sistema como plataforma, sistema operacional, versão dos Programas envolvidos no acesso, endereçamento de rede, e outras informações relacionadas ao acesso e necessárias para o funcionamento do CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho, serão coletadas e tratadas de forma automática e sem a intervenção do usuário pelo sistema CheckOS para livre utilização pelo sistema.

Os dados cadastrais das empresas como razão social, endereço, telefones, e-mail, contatos e outras informações inclusive a logomarca ficarão armazenados em nossas bases de dados e serão disponibilizadas livremente a qualquer internauta que acesse o site sem a necessidade de autenticação.

As informações dos consumidores, ficarão armazenados no sistema CheckOS Programa de Ordens de Serviço de forma que apenas a empresa cadastrada e uma possível empresa parceira desta que esteja envolvida em uma ordem de serviço comum às duas empresas terão acesso a estes dados.

Salvo em casos determinados por força de lei, estas informações só serão fornecidas em casos específicos de acordo extraordinário entre o CheckOS e o solicitante.

As ordens de serviço poderão ser acessadas pelas empresas que fizerem parte do atendimento (Empresa Aprovadora e Empresa Designada) com permissão livre para leitura e impressão e permissão específica para alteração das informações de acordo com a posição da empresa no atendimento e também do status da Ordem de Serviço. Os consumidores poderão acessar suas ordens de serviço com permissão apenas para leitura desde que possuam o código de acesso da mesma.

O CheckOS Sistema de Ordens de Trabalho garante aos empreendedores que não usará informações dos consumidores que forem registrados por suas empresas para entrar em contato com estes consumidores para fins comerciais em benefício próprio.

O CheckOS não se comunicará deliberadamente com os consumidores, os contatos com o CheckOS Programa de Ordens de Serviço serão apenas para assuntos relacionados ao uso do sistema de forma que poderão partir do CheckOS para as empresas ou ainda em forma de resposta a possíveis consumidores que porventura entrem em contato com o CheckOS.

O CheckOS Programa de Ordens de Serviço poderá utilizar todas as informações registradas pelas empresas usuárias para fins estatísticos ou alimentação de bases de conhecimento sem que seja necessária a autorização ou reconhecimento dos autores do registro.

Nenhum usuário será excluído do sistema a menos que seja comprovadamente necessário, as empresas com usuários que já não mais fazem parte do quadro de funcionários ou prestadores de serviço, poderão desativar estes usuários por meio de suas configurações.

Os utilizadores autorizam por meio do aceite desta política de uso do sistema CheckOS, que o sistema poderá enviar de forma automática aos equipamentos dos utilizadores, arquivos de configuração de suas páginas, cookies, plugins e outros mecanismos que possibilitarão ao sistema a exibição do conteúdo de acordo com as demandas dos utilizadores.

CheckOS ® Todos os Direitos Reservados

  • Política do Sistema
    Política do Sistema
  • Sobre o CheckOS
    Sobre o CheckOS
  • Fórum da Comunidade
    Fórum da Comunidade
  • Ajuda
    Ajuda
  • Mobile
    Mobile
  • ===